Alunos do Porto pedem soluções de alojamento num mercado cada vez mais caro

Fernanda Cerqueira |
Alunos do Porto pedem soluções de alojamento num mercado cada vez mais caro

 

Os alunos do Porto têm tido «mais dificuldade em encontrar alojamento» na cidade e sentem que «os preços estão mais altos para uma mesma tipologia de alojamento». O alerta é feito pela Federação Académica do Porto (FAP), em declarações ao Jornal de Notícias. A FAP pede «programas e alternativas direcionadas para os estudantes para evitar que a situação se torne insustentável» e afirma que, a longo-prazo, será necessário «aumentar o número de residências que os serviços de ação social das instituições de ensino superior disponibilizam».

A Uniplaces, plataforma online de alojamento universitário, confirma a escalada de preços registada na cidade. Em declarações à Lusa, Inês Amaral, marketing manager na Uniplaces, assinala que no ano passado um estudante do ensino superior no Porto conseguia arrendar um quarto por um valor médio de 195 euros por mês, este ano o preço médio de um quarto individual aumentou para 270 euros e o preço de um estúdio sobe para uma média de 350 euros por mês.

A procura é cada vez maior, muito pressionada pelo turismo, e a oferta não acompanha este ritmo, sobretudo porque a procura continua a concentrar-se, predominantemente, nas zonas de Paranhos, Bonfim e Cedofeita.