nan
2012-11-15
O CALENDÁRIO MAIA
É curioso que apesar dos Maias nunca se terem extinguido, uma vez que se espalharam e misturaram naturalmente por diversas povoações e cidades da América Central , houve vários imóveis e construções monumentais como estádios, edifícios governamentais, residenciais e mesmo vilas inteiras, que durante quase mil anos foram esquecidas e deixadas ao abandono, por razões ainda desconhecidas.Lembrei-me dos Maias enquanto visitava a infra-estrutura de uma urbanização recente mas já abandonada e esquecida num terreno rodeado de vegetação que se assemelhava bastante a vestígios de civilização perdida numa mata equatorial. Pareceu-me evidente nessa visita, que também nós deixaremos para o próximo milénio uma herança de betão armado ao abandono, quiçá estádios de futebol e centros comerciais, resultado de uma época de ideias grandiosas, dinheiro barato e fé num crescimento eterno.A economia corre em ciclos e quem se lembra das crises que passámos no início dos anos 90 e 2000 não terá grande renitência em concordar que se trataram de ciclos de 8/10 anos onde parte do tempo foi de crescimento e outra parte de contracção. Mas é curioso que 5 anos depois do caso Lehman Brothers, já ninguém acredita na inversão de sentido da economia, provavelmente por serem tantos e complexos os factores externos negativos que influenciam a situação actual. Mas sabemos que anteriormente também foi assim e talvez seja desta forma que se dá a inversão do ciclo.Talvez seja só depois de nos conformarmos com a realidade de hoje, de deixar de acreditar nos modelos obsoletos e de se abandonar definitivamente com os projectos que resistiam virtualmente, então será nesse momento que começarão a surgir novas ideias originais, novas oportunidades, optimismo, empreendedorismo e finalmente, a mudança de página do ciclo económico.E é aqui que surge o calendário Maia. Dizem em várias frentes que os Maias traçaram um calendário que acaba em 21-12-2012, o que significa que o mundo vai acabar daqui a 4 meses. Para suporte dessa teoria, também vários “cientistas” traçaram fórmulas matemáticas elaboradíssimas que garantem um cataclismo nesse mesmo dia. Há efectivamente várias teorias em redor desse calendário, mas por acaso nunca vi nenhuma, que dissesse simplesmente que o calendário acaba em 21-12-2012 porque os Maias tinham mais que fazer do que continuar um calendário que se prolongava a mil anos de distância.Mas efectivamente informei-me e constatei que 21-12-2012 é a data em que o sistema de contagem Maia muda por mais 394 anos e continuará assim a mudar, em cada 394.3 anos, até ao ano de 4772, o que significa que afinal o mundo não vai acabar para já. Mas mesmo sem cataclismo, é importante marcar que efectivamente nos aproximamos do fim de uma época e de um ciclo que já esgotou pela negativa. Estamos no ponto de viragem e prontos para mudar de página e começar a repensar na forma de crescer e encontrar bons negócios.O sector do imobiliário já causou crises e também já serviu como motor da economia. É um dos principais sectores de sustentação da economia e é garantido que este volte a ter um papel preponderante, de uma ou outra forma, quando o percurso da economia inverter o sentido. Diretor do Departamento de Avaliações da CBRE, Frederico Borges Castro

SE JÁ É ASSINANTE FAÇA LOGIN
Ainda não é assinante
Garanta e acompanhe toda a informação da Vida Imobiliária, atual, rigorosa e independente.

Vantagens da assinatura Vida Imobiliária (digital+impressa)

  • Acesso a todos os conteúdos de atualidade em www.vidaimobiliaria.com
  • Informação diária da atualidade de Portugal, Angola e Moçambique
  • Subscrição de E-news de Portugal e Angola
  • Acesso a Edições eletrónicas - Acessível por PC ou tablet
  • Recebe edições impressas da revista Vida Imobiliária
  • Presença gratuita, e exclusiva, nos debates dos Almoços Vida Imobiliária.
  • Desconto 20% na Loja Vida Imobiliária
  • Oferta de livros

Vantagens da assinatura Vida Imobiliária (digital)

  • Acesso a todos os conteúdos de atualidade em www.vidaimobiliaria.com
  • Informação diária da atualidade de Portugal, Angola e Moçambique
  • Subscrição de E-news de Portugal e Angola
  • Acesso a Edições eletrónicas - Acessível por PC ou tablet
  • Escolha a modalidade que mais se adapta às suas necessidades
Digital Trimestral Digital Anual Individual Corparate Trienal
19,99€ 49,99€ 94€ 170€ 220€
- Revista digital
- Acesso a todos os conteúdos digitais
- 10 Edições digitais /ano
- Presença no website
- Desconto exclusivo na loja
- Oferta 1 livro
- Revista em papel
-Revista digital
- Acesso e lugar reservado em eventos
- Desconto exclusivo na loja
- Oferta 2 livros
- 2 Revistas em papel
- Revista digital
- Acesso digital para 20 utilizadores
- Acesso e lugar em eventos para 2 pessoas
- Desconto exclusivo na loja
- Oferta 3 livros
- Revista em papel
- Revista digital
- Acesso digital para 10 utilizadores
- Acesso e lugar em eventos para 2 pessoas
- Desconto exclusivo na loja
- Oferta 3 livros
Para prosseguir com o pedido de assinatura, realize por favor o registo. Em caso de qualquer duvida envie-nos um e-mail para gestao@vidaimobiliaria.com ou ligue-nos para o telefone 22 2085009
ASSINE JÁ