Rendas acessíveis sim, mas com seguros

Fernanda Cerqueira |
Rendas acessíveis sim, mas com seguros

 

O programa de rendas acessíveis, que garantirá benefícios fiscais para os proprietários que adotem a prática de rendas 20% abaixo da mediana do mercado, será complementado por um pacote de seguros que vai acautelar casos de não pagamento de renda, danos no imóvel e quebra súbita de rendimentos. O primeiro seguro correrá por conta dos senhorios, o segundo e o terceiro serão suportados pelos inquilinos.

Em entrevista ao Jornal de Negócios e à Antena 1, a secretária de Estado da Habitação, explicou que haverá desde logo «o seguro mais tradicional que é o seguro de renda», que «protege o proprietário no caso de entrada em incumprimento no pagamento de renda». Haverá um outro seguro destinado aos inquilinos que enfrentem uma «quebra súbita de rendimento» e que «obviamente também protege os proprietários», referiu a secretária de Estado da Habitação. Abrangidas por este seguro estarão as famílias que enfrentem situações de dificuldade «seja uma morte, uma incapacidade, o desemprego».  Este seguro deverá cobrir o pagamento de renda pelo período de até seis meses, permitindo que a família tenha «algum tempo para se recompor».

Quanto a valores, Ana Pinho disse que ainda estão a ser negociados com as seguradoras, mas, garante que «nunca será um valor que venha obliterar as vantagens».