Ana Tavares
2016-11-15
Portugal tem «futuro vibrante» na área da eficiência energética
Portugal tem tudo para ter «um futuro vibrante» na área da eficiência energética, acredita Mike Gordon, CEO da Joule Assets, que também considera que «o mercado imobiliário está sentado em cima do ouro» no nosso país.

O responsável falava à VI durante o Investors Confidence Project, que decorreu em Lisboa a 2 e 3 de novembro, na sede da Vieira de Almeida & Associados, ocasião durante a qual avançou que, atualmente, «há oportunidades para que todo o risco seja assegurado. Para os promotores, há oportunidades para melhorar o portfólio e melhorar as rentabilidades, e tornar os ativos mais operacionais com muito bons retornos. Isto é, não só uma oportunidade, mas também um futuro palpável».

Para Mike Gordon, «o mercado português é muito interessante, a forma como o consumo (de energia) pode funcionar aqui é uma ótima oportunidade». Acredita que seria importante, no nosso país, «que os bancos tirassem os projetos das mãos dos financiadores iniciais e se encarregassem dos mesmos» por forma a dinamizar estes projetos parados e o setor de uma forma geral: «as comunidades podiam, assim, beneficiar destes projetos, nomeadamente através da criação de postos de trabalho».

Seja como for, «a Joule Assets está muito atenta e aberta a oportunidades e negócios em Portugal, temos várias negociações em curso, e estamos muito entusiasmados com quem está à mesa. Se as coisas se desenrolarem como planeamos, podemos investir significativamente em Portugal», avançou.

Explicou também que alguns dos desafios mais imediatos da indústria da eficiência energética passam pelas garantias: «precisamos de players que assinem contratos que garantam os negócios, isso seria crítico». A par dessa maior segurança dos investidores,  também realçou a necessidade de criar contratos ‘standard’, tema que foi, aliás, bastante debatido durante o encontro, o que facilitará as negociações entre as empresas e os investidores, dando «mais segurança ao processo».

Por outro lado, acredita que o imobiliário precisa de «quantificar as oportunidades de negócio de eficiência energética. Temos de perceber quem vai pagar pelos projetos, e encontrar as boas oportunidades. E muito deste trabalho já foi feito pelo imobiliário». Acredita que agora é necessário «algum tipo de centralização destas oportunidades, e a partir daí pode-se encontrar o investimento e apresenta-lo aos investidores. É necessário ter os projetos bem definidos e apresentados». Outra questão que considerou fulcral neste mercado é a importância de seguradoras que também assumam parte do risco dos investidores, «caso alguma coisa corra mal».

SEAF pronta para facilitar o investimento em projetos de eficiência energética

Durante este evento, Jessica Stromback, chairman da Joule Assets Europe, anunciou que a Sustainable Energy Asset Framework (SEAF) «está pronta para valorizar e facilitar o investimento em projetos de eficiência energética». O novo software que será disponibilizado para este efeito conta com um financiamento de 1,7 milhões de euros da Comissão Europeia no âmbito do Horizon 2020 para Pesquisa e Inovação, contando com parceiros como a ICP e a HSB Engineering Insurance.

Isto porque «objetivos políticos não criam, por si só, metodologia standardizada para estes projetos». A SEAF IT Platform pretende, assim, «ser uma ferramenta prática que resolve diretamente este ‘gap’ no mercado, simplificando drasticamente as fases de pré financiamento dos projetos».

A responsável explicou à VI que «é preciso mais diálogo entre os investidores e as empresas». Muitas vezes, as pequenas empresas da área da energia «têm simplesmente dificuldade em enquadrar e comunicar o que fazem, e o objetivo da SEAF é fazer isto mesmo, permitindo que o façam de uma forma autónoma, num modelo que possa ser apresentado e facilmente entendido por um investidor, o que dá mais poder às empresas mais pequenas, e possibilita que cresçam no mercado da energia e do imobiliário».

No final do Investor Days Lisbon, realçou que «este evento é o início de um processo comercial, queremos que estas discussões se tornem reais e passem de apenas discussões». 

SE JÁ É ASSINANTE FAÇA LOGIN
Ainda não é assinante
Garanta e acompanhe toda a informação da Vida Imobiliária, atual, rigorosa e independente.

Vantagens da assinatura Vida Imobiliária (digital+impressa)

  • Acesso a todos os conteúdos de atualidade em www.vidaimobiliaria.com
  • Informação diária da atualidade de Portugal, Angola e Moçambique
  • Subscrição de E-news de Portugal e Angola
  • Acesso a Edições eletrónicas - Acessível por PC ou tablet
  • Recebe edições impressas da revista Vida Imobiliária
  • Presença gratuita, e exclusiva, nos debates dos Almoços Vida Imobiliária.
  • Desconto 20% na Loja Vida Imobiliária
  • Oferta de livros

Vantagens da assinatura Vida Imobiliária (digital)

  • Acesso a todos os conteúdos de atualidade em www.vidaimobiliaria.com
  • Informação diária da atualidade de Portugal, Angola e Moçambique
  • Subscrição de E-news de Portugal e Angola
  • Acesso a Edições eletrónicas - Acessível por PC ou tablet
  • Escolha a modalidade que mais se adapta às suas necessidades
Digital Trimestral Digital Anual Individual Corparate Trienal
19,99€ 49,99€ 94€ 170€ 220€
- Revista digital
- Acesso a todos os conteúdos digitais
- 10 Edições digitais /ano
- Presença no website
- Desconto exclusivo na loja
- Oferta 1 livro
- Revista em papel
-Revista digital
- Acesso e lugar reservado em eventos
- Desconto exclusivo na loja
- Oferta 2 livros
- 2 Revistas em papel
- Revista digital
- Acesso digital para 20 utilizadores
- Acesso e lugar em eventos para 2 pessoas
- Desconto exclusivo na loja
- Oferta 3 livros
- Revista em papel
- Revista digital
- Acesso digital para 10 utilizadores
- Acesso e lugar em eventos para 2 pessoas
- Desconto exclusivo na loja
- Oferta 3 livros
Para prosseguir com o pedido de assinatura, realize por favor o registo. Em caso de qualquer duvida envie-nos um e-mail para gestao@vidaimobiliaria.com ou ligue-nos para o telefone 22 2085009
ASSINE JÁ